Siga-nos
Topo

Conheça 7 sobremesas italianas imperdíveis

Além da arte e cultura, a Itália é mundialmente famosa por sua gastronomia. Não só os pratos tradicionais, mas a maioria das sobremesas típicas italianas conquistaram fãs no mundo todo.

Com chocolate, café, amêndoas ou até mesmo frutas, os doces italianos, assim como as massas, são conhecidos pela facilidade e simplicidade durante o preparo. Confira as mais famosas: 1.Cannoli – Originário de Palermo, no sul da Sicília, o cannoli é bem populares na cozinha italiana e costumava ser preparado na época festiva do carnaval. Hoje, porém, pode ser encontrado durante todo o ano. A sobremesa consiste em uma massa frita em formato de tupo, que pode ser recheado com um creme à base de queijo ricota ou mascarpone, baunilha, chocolate, pistache, frutas cristalizadas, vinho Marsala e limão siciliano. Doce de leite e creme de amendoim também podem ser usados como recheio em versões pelo mundo. 2.Panacota: Considerada uma das sobremesas mais famosas da Itália, a “Panna Cotta” significa “creme de leite cozido”, o que basicamente resume sua receita original.

O doce é um tipo de pudim de creme de leite, leite, baunilha e gelatina, acompanhado de caldas, purês de frutas ou até caramelo e chocolate.Apesar de boatos dizerem que sua origem vem do Piemonte, não há uma história certa sobre o seu surgimento.

3.Tiramisù: O nome da sobremesa provém da expressão em italiano “Tirami Sù”, que significa “jogue-me para cima” ou “levante-me”.

Entre os seus ingredientes principais está o café, considerado uma das principais fontes de energias.

A história sobre a origem do doce é controversa. Diversas regiões da Itália se consideram criadoras da sobremesa, entre elas Piemonte, Lombardia e Toscana. No entanto, muitos acreditam que o Tiramisù é originário do Vêneto.

Considerado um estimulante afrodisíaco, o doce é uma combinação de café, chocolate, queijo mascarpone e biscoitos. No entanto, em alguns lugares, a receita foi adaptada e é feita com bebida alcoólica e até mesmo chantilly.

4.Gelato : O sorvete estilo italiano, também conhecido como gelato, é uma das sobremesas mais populares.

A receita consiste numa base líquida, composta por água, leite, açúcar e o sabor desejado, que pode ser de frutas, chocolates e muitas outras opções. O equilíbrio entre a água e o açúcar é o que garante a textura ideal do gelato. Essa dosagem depende ainda do sabor a ser produzido. Alguns necessitam de mais açúcar, outros menos.

Além disso, durante sua produção não é adicionado nenhum tipo de produto químico, como aromatizantes, conservantes ou emulsificantes. Geralmente, a sobremesa é consumida no mesmo dia em que foi preparada.

Acredita-se que sua origem é datada do século 13, quando o explorador veneziano Marco Polo se surpreendeu com a iguaria e levou-a para a Itália. Mais tarde, os gelatos apareceram durante os banquetes dos Medicis, em Florença. Foi lá que o arquiteto florentino Bernardo Buontalenti, depois de 200 anos, desenvolveu o sorvete moderno.

5.Zeppoline: Tradicional de Nápoles, o doce nada mais é que pequenos e d bolinhos fritos de farinha, água, sal, açúcar e fermento.

A sobremesa geralmente é saboreada durante a época do Carnaval, no qual a fritura é um sinal de abundância, e especialmente no dia 19 de março, quando é comemorado, na Itália, o Dia de San Giuseppe (Dia de São José, no Brasil), considerado Dia dos Pais.

6.Granita: O doce gelado típico da Sicília é preparado com água, açúcar e frutas. No entanto, em algumas receitas, o café, cacau ou amêndoas são acrescentados. Entre os sabores mais conhecidos estão o de melancia com champanhe e o de limão.

A Granita é parecida com o sorvete, mas apresenta uma textura mais grosseira e cristalina, ou seja, verdadeiras pedras de gelo aromatizadas que podem ser grandes ou pequenas. Estas diferenças resultam da utilização de técnicas de congelamento diferentes: as mais finas são produzidas com máquinas de gelato, enquanto as mais grossas são congeladas e agitadas, sendo raspadas, de forma a produzir cristais de gelo separados. 7.Salame de Chocolate: O doce, saboreado nas regiões de Emilia Romagna e Piemonte, é feito de chocolate com pedaços de biscoitos e modelado em formato de salame. Na receita simples e deliciosa, também há ingredientes como manteiga, ovos, além de nozes, amêndoas e avelãs.

A famosa sobremesa do país europeu deu origem à palha italiana, uma releitura, que, diferentemente da receita original, leva leite condensado.

ansa

You must be logged in to post a comment Login

Mais em Gastronomia