Connect
To Top

Dicas para aproveitar o carnaval com seu pet

O carnaval é uma festa para todos. Brinca idoso, adulto, criança… e cachorro! Se os animais fazem parte da família, nada mais justo que eles também aproveitem. No Rio de Janeiro, o tradicional BloCão reúne todos os anos centenas de pets em vários bairros. Mas para levar o bichinho para a folia é preciso tomar alguns cuidados. O G1 foi conversar com um veterinário para saber como a família inteira pode se divertir com tranquilidade.

Diversão em família

O veterinário Gustavo Castro explica que a primeira preocupação que o dono deve ter ao levar o animalzinho para o carnaval é a escolha do bloco. Ele reforça que os cachorros só estão liberados para a folia se o bloco for direcionado para estes animais. Nada de levar o pet com você para o carnaval de gente. “É uma diversão em família. O proprietário tem o gosto de levar o seu animal para se divertir com ele no carnaval. O bloco para cães tem uma adaptação. O cão vai ver outros cães e vai ter uma interação social entre coleguinhas da espécie”, afirma o veterinário.

Fantasias

Da mesma forma que os pais gostam de escolher fantasias para os filhos, os pais de bichinhos também se divertem na escolha do figurino dos animais. “É importante respeitar cada indivíduo. Tem cachorro que gosta de fantasias, gosta de colocar roupinhas. Tem cachorro que não se adapta. Se ele não quer, não force”, avisa o Dr. Gustavo Castro. O veterinário lembra que as melhores fantasias são as mais frescas e as que não incomodam o bichinho.

Hidratação

Depois de escolher o bloco certo e a fantasia, chega a hora de tomar outros cuidados. O primeiro deles, para o veterinário Gustavo Castro, é a hidratação: “O cão tem que estar com acesso à água o tempo todo. Seja água mineral ou água de coco”. Por isso, leve a garrafinha, o potinho e não deixe o seu animalzinho com sede.

Temperatura do asfalto

A temperatura do asfalto é outra preocupação do veterinário. O chão muito quente pode queimar as patinhas do animal. Gustavo Castro recomenda que o dono cheque, com o dorso da mão mesmo, se a temperatura do chão está agradável. “O ideal é que você saia com o cão de manhã cedinho ou no final da tarde, quando a temperatura está mais amena”, aponta o veterinário.

Cães sempre guiados

O veterinário lembra ainda que os cães devem ir aos blocos sempre guiados. O animal solto pode fugir e correr riscos. “Com a guia você controla o acesso dele a outros cachorros e o acesso a lixo, por exemplo”, explica Gustavo Castro.

Vacinação

Vale ressaltar também a importância da imunização do bichinho. “É importante que o animal tenha o protocolo de vacinação em dia, de vermifugação em dia. E esteja hígido, um animal saudável para que consiga se divertir de maneira muito mais segura”, afirma o veterinário.

BloCão de Copacabana

Dia 19/02

8h

Conentração no Posto 6

BloCão da Barra
Dia 25/02

9h

Concentração na Praça do Ó

g1

You must be logged in to post a comment Login

Mais em Entretenimento